18/10/2017  às 10hs03

Polícia

Acusado de esfaquear mulher é preso em Orleans


Foto: Ligado no Sul/Arquivo

Foto: Ligado no Sul/Arquivo


Menos de 24h depois de amigas protestarem e pedirem por justiça, pela agressão e golpes de faca que vitimaram a tubaronense Bruna Quintian, foi preso preventivamente o suspeito de cometer o crime. 

O homem, companheiro da vítima, foi detido em Orleans em cumprimento de mandado de prisão na manhã de ontem. 

O mandado de prisão, de acordo com o delegado responsável pelo caso, Felipe Samir, foi expedido às 18h de segunda-feira, ou seja, algumas horas depois do protesto de mulheres que seguiu pela avenida Marcolino Martins Cabral até o Fórum de Tubarão. O objetivo da mobilização era sensibilizar a Justiça que, na última semana, havia concedido liberdade para o acusado. 

O primeiro pedido de prisão preventiva havia sido negado. O homem se apresentou na delegacia dias depois do crime e, por decisão judicial, não foi mantido recluso. Porém, ontem, foi preso de forma preventiva, depois de mandado expedido pelo Juizado de Violência Doméstica da Comarca de Tubarão. 

O homem preso segue à disposição do judiciário no Presídio Regional Masculino e é acusado de agredir e esfaquear Bruna na madrugada do dia 8, na frente do filho de 14 anos. A mulher segue na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão. Segundo os amigos, a tubaronense teve parte do intestino retirada, lesões em um dos olhos e perfuração grave em um dos braços. A informação é do Diário do Sul.


18/10/2017  às 10hs03