15/05/2017  às 22hs46

Esportes

Após derrota em estreia, Paulinho admite que pressão aumentou no Criciúma

Em uma avaliação do primeiro jogo, o atleta considerou que a equipe conseguiu cumprir bem o que foi pedido pelo técnico Deivid na primeira etapa, mas que caiu na etapa final


Foto: Caio Marcelo/Criciúma E.C.

Foto: Caio Marcelo/Criciúma E.C.

A derrota por 2 a 1 para o Santa Cruz, na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro no último sábado, dia 13, no estádio Heriberto Hülse, estava fora do script do Criciúma. Por jogar em casa no dia do aniversário de 70 anos, havia um peso para que viesse a vitória - o que não foi confirmado ao término dos 90 minutos.

O meio-campista Paulinho, que reestreou pelo Tigre no tropeço diante dos pernambucanos, revelou que a derrota em casa ampliou a pressão pela busca do resultado positivo no sábado, dia 20, diante do Oeste, na Arena Barueri, às 16h30min. “Acho que jogar no Criciúma já é uma pressão. Pela grandeza do clube e pela história que possui, por sí só já existe a pressão. Perdendo dentro de casa, aumentou agora. Mas vejo que temos plenas condições de conquistar um resultado positivo contra o Oeste, procurar acertar e buscar os três pontos”, projetou, em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, dia 15.

Em uma avaliação do primeiro jogo, o atleta considerou que a equipe conseguiu cumprir bem o que foi pedido pelo técnico Deivid na primeira etapa, mas que caiu na etapa final. Paulinho, entretanto, pediu paciência ao torcedor. “A torcida compareceu em bom número, sentimos o calor do torcedor. Infelizmente, não conseguimos corresponder à altura, mas ainda é cedo para julgarem nosso grupo, que é qualificado, forte e tenho certeza de que as coisas vão acontecer no decorrer do campeonato”, afirmou.

O próximo compromisso, diante do Oeste, marcará o reencontro do Criciúma com o técnico Roberto Cavalo, que além de ter sido ex-jogador do clube, foi treinador da equipe entre 2015 e 2016. Assim como o Tigre, os paulistas debutaram na Série B com derrota: 2 a 0 diante do Paysandu.

Visando esse jogo, o elenco do Criciúma se reapresentou nesta segunda-feira e seguirá fazendo atividades no período da tarde até quinta-feira, dia 18. Na sexta, dia 19, véspera do jogo, o treinamento será pela manhã antes da viagem para o estado de São Paulo.

Eduardo Madeira


15/05/2017  às 22hs46