06/09/2019  às 16hs09

Esportes

Armazenense entre os melhores de SC

“Buxinha” figura no top-20 da sinuca estadual.


Fotos: Arquivo pessoal do atleta

Fotos: Arquivo pessoal do atleta


A sinuca, também conhecida por bilhar, é um dos esportes mais difíceis para se praticar. Requer muito treinamento, concentração, posicionamento correto, estratégia e logicamente, precisão nas jogadas.


E vem do município de Armazém um dos melhores jogadores de Santa Catarina na atualidade: trata-se de Dhiones Moraes Arent, 30 anos, também conhecido por “Buxinha” (na foto). Natural e residente no município citado, ocupa no momento a vigésima posição no ranking catarinense e dias atrás, participou da etapa final do Campeonato Regional Série ‘A’ no Clube Mampituba, em Criciúma, onde na ocasião enfrentou o excelente jogador de nome Sidney: no fim, “Buxinha” venceu pelo placar de 3x2 e garantiu vaga á Divisão Especial Regional. “Desde muito cedo, quando eu tinha ainda oito anos, despertei o interesse pela modalidade esportiva e comecei a praticá-la ainda pelos bares da cidade. Aos 14, iniciei a disputa em torneios e campeonatos quando assim permitiam, já que era menor de idade. Com o tempo, passei a treinar na mesa do bar Avenida juntamente com o professor e amigo João Severino Berto, o ‘Birino’, e há praticamente cinco anos, venho competindo e também, vencendo campeonatos de sinuca bola 8”, disse Arent.


Em 2017, atendendo a um convite do amigo Bráulio Júnior, de Orleans, que disputou na ocasião a final do Campeonato Catarinense Série B (“Buxinha” foi na condição de espectador), acabou inscrito para a edição seguinte da competição, onde se sagrou campeão e autor da maior tacada, com 30 pontos. Desde então, compete no Estadual e em 2019, na cidade de Criciúma pela Série ‘A’, conquistou o primeiro lugar, sendo novamente o dono da melhor tacada, agora somando 52 pontos.


Já entre os dias 13 e 15 de setembro, “Buxinha” estará em São José, na Grande Florianópolis, para a 4ª etapa do Estadual, num total de cinco e que conta com 96 jogadores federados. “Agradeço muito ao amigo Juninho (Bráulio Jr) por ter me apresentado o esporte. Realizo treinamentos praticamente todos os dias já há dois anos, a fim de aprimorar cada vez mais a parte técnica. Agradeço também a minha esposa Daniela, que está sempre comigo e a Deus, por iluminar o meu caminho”, finalizou. 


06/09/2019  às 16hs09