28/12/2017  às 16hs25

Saúde

Bandeira lilás sinaliza presença de água-viva nas praias de SC


Foto: Reprodução/NSC TV

Foto: Reprodução/NSC TV


Os banhistas devem ficar atentos à bandeira lilás nas praias de Santa Catarina. A sinalização indica a presença de água-viva e a recomendação é não entrar na água, informou o governo do estado. O maior perigo, conforme o Corpo de Bombeiros, é o veneno da espécie caravelas, considerada a mais perigosa.


Outros tipos menos perigosos são as águas-vivas brancas e gelatinosas, as mais comuns da praia, e as medusas. As queimaduras provocam bolhas, mas o veneno é menos intenso, e os primeiros socorros podem ser feitos usando vinagre no ferimento, já que a substância bloqueia os ferrões e ajuda a aliviar a dor, para que não haja mais injeção de veneno.


Os postos de guarda-vidas geralmente têm vinagre para o primeiro tratamento, dizem os bombeiros.


Ainda segundo a corporação, no caso de contato com o animal, não se deve fazer pressão ou jogar água doce no local, porque isso potencializa o efeito do veneno. O recomendável é procurar um posto de saúde para fazer a raspagem e tomar medicamentos para neutralizar a dor.


A incidência de água-viva nas praias catarinenses depende do vento, da maré e da temperatura do mar - com a água quente, esses animais se reproduzem mais.


A bandeira lilás faz parte do padrão da Federação Internacional de Salvamento.


 


Com informações do site G1 SC


28/12/2017  às 16hs25