06/09/2014  às 19hs47

Política

Candidatos ao Governo de SC declaram gastos de campanha

Apenas um dos oito políticos afirmou não ter investido nada


Foto: Divulgação/Internet

Foto: Divulgação/Internet

A segunda parcial de investimento em campanha dos candidatos ao Governo de Santa Catarina foi divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) neste sábado, dia 6. Sete dos oito candidatos ao cargo de governador declararam o valor recebido e gasto em campanha. (Veja a primeira parcial)

Afrânio Boppré (PSOL), Claudio Vignatti (PT), Gilmar Salgado (PSTU), Janaina Deitos (PPL), Marlene Soccas (PCB),  Paulo Bauer (PSDB) e Raimundo Colombo (PSD) registraram receita recebida por doadores e quanto já foi gasto com campanha até o dia 2 de setembro. Elpídio Neves (PRP) entregou as contas finais da segunda etapa como zeradas, sem gastos ou lucros.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) a divulgação da parcial é obrigatória e prevista pela Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições). Entretanto, o TSE esclarece que os candidatos só serão cobrados e julgados por prestações irregulares 30 dias após o pleito.

Confira os gastos e despesas dos candidatos apresentados ao TSE:

G1 Santa Catarina

Aqueles que participarem apenas do primeiro turno, terão até o dia 4 de novembro para fechar as contas. Os que participam do segundo, o prazo é 25 de novembro.


06/09/2014  às 19hs47