09/01/2018  às 13hs08

Geral

Com HRA fechado, demanda aumenta em outros hospitais


Foto: Lucas Colombo/DN

Foto: Lucas Colombo/DN


Com a paralisação total dos serviços no Hospital Regional de Araranguá (HRA), a demanda de atendimentos aumentou nas demais instituições de saúde da região ao longo das últimas semanas. É o caso do Hospital São José, de Criciúma, e também do São Donato, de Içara, que recebem a maior parte dos casos emergenciais enquanto a situação não é resolvida na principal unidade do Extremo Sul do Estado.


No Hospital São José, a demanda aumentou principalmente nos encaminhamentos cirúrgicos, como ortopedia e cirurgias gerais. Além disso, outros setores também foram afetados. “O Centro Obstétrico está além do limite, com 50% a mais do que a instituição atende”, aponta o diretor técnico do hospital, Raphael Elias Farias.


O Pronto Socorro da instituição também registrou aumento nos atendimentos após o fechamento do HRA, mas como a época é de baixa demanda, a situação está melhor controlada.


Maternidade está lotada


No Hospital São Donato o número de atendimentos também aumentou no setor de obstetrícia e no Pronto Socorro. “Até porque o Samu e a ambulância dos bombeiros encaminham a média complexidade para cá e a alta complexidade para o São José”, comenta o diretor administrativo da fundação filantrópica, Júlio César De Luca.


Na última sexta-feira, o hospital estava com a maternidade lotada. Apenas nos primeiros cinco dias do ano, a instituição já havia realizado 30 partos, o que era mais do que a média diária de 2017. Desse total, aproximadamente 33% eram casos da região de Araranguá.


 


Com informações do site DN Sul


09/01/2018  às 13hs08