18/04/2019  às 10hs44

Geral

Diretora da CELESC prestigia nova sede do núcleo Sul



Nesta quarta-feira (17), a diretora de Gestão Corporativa da Celesc, Claudine Anchite, prestigiou a nova sede do Núcleo Sul em Criciúma, onde também está localizada a loja de atendimento ao público, inaugurada no início do mês. Além de conhecer o espaço e de conversar com empregados e clientes, Claudine abriu diálogo com lideranças políticas e empresariais da região. A gerente do Núcleo Sul, Bárbara Kely Cittadin Ceron, também saudou os presentes e destacou os investimentos da Celesc previstos para o Extremo Sul.


"A nova sede traz um espaço melhor para o atendimento à comunidade, ambiente de trabalho agradável para os empregados, com uma estrutura que proporciona diálogo aberto com a sociedade", afirmou a diretora Claudine. Já Bárbara Kely Cittadin Ceron, gerente do Núcleo Sul, contou que, além de ser um espaço novo e bem localizado, o prédio também representa uma economia de 50% em relação ao aluguel do antigo endereço.


O novo espaço permite a realização de atendimentos com o novo padrão de excelência da Empresa, que tem início no autoatendimento, em um dos totens disponíveis, seguido de um pré-atendimento orientativo, realizado por um funcionário. Caso necessário, o cliente é direcionado aos atendentes que trabalham na loja. O atendimento é prestado de segunda a sexta-feira, entre 8h30 e 16h30, sem fechar ao meio-dia. O imóvel está localizado na Avenida Centenário, 2.495, próximo ao cruzamento com a Rua Henrique Lage, no Bairro Operária Nova.


A Celesc tem, em Criciúma, 78 mil Unidades Consumidoras cadastradas. No antigo prédio eram registrados aproximadamente 52 mil atendimentos por ano.



Veja abaixo os destaques para as obras em andamento na região de Criciúma e Extremo-Sul catarinense:

- Ampliação da SE Siderópolis
 
Consiste na instalação de um transformador de 26MVA de potência, com regulação automática*. Atualmente na subestação estão instalados três transformadores de menor potência e que serão substituídos. As obras de ampliação da SE incluem a atualização dos painéis de comando, reforma da estrutura da casa de comando e a construção de um novo barramento de baixa tensão para a conexão futura de seis alimentadores.  

O novo transformador representa acréscimo de 40% na capacidade instalada da SE, responsável pelo atendimento da Força e Luz João Cesa, que atende o município de Siderópolis; a Cooperativa de Treviso, que atende o município de Treviso e adjacências e a região dos bairros Laranjinha, Metropol e Colonial, atendidos pela Celesc.

O investimento total da obra é de R$ 4.500.000,00 e a previsão é de que esteja concluída em novembro de 2019.


 (*) A regulação automática garante mais qualidade no fornecimento, por meio do equilíbrio de tensão.



- Ampliação da SE Içara

Consiste na instalação de um transformador de 26MVA de potência, com regulação automática. Atualmente na SE estão instalados 2 trafos de 16 MVA. Um deles será substituído pelo novo. Desta forma, a capacidade instalada na SE passa de 32MVA para 42 MVA (crescimento de 30 % na capacidade instalada). 

A SE Içara é a que abastece o sistema elétrico da Cooperaliança, responsável pelo atendimento do município. Além de Içara, a região da Próspera, em Criciúma, atendida pela Celesc, também será beneficiada. A previsão é de que esteja concluída no fim de 2020.


- Melhoria na SE Criciúma Floresta

Consiste na substituição de um trafo de 26MVA por um novo (crescimento de 50 % na capacidade instalada), com regulação automática. A obra vai oferecer mais qualidade à oferta de energia da região dos bairros Centro, Rio Maina, Santa Luzia, Pinheiro e parte urbana de Nova Veneza. A subestação soma potência instalada de 52MVA. A previsão é de que esteja concluída no fim de 2021.


- Aquisição de Terreno para a construção da SE Criciúma III


Terreno para implantação da nova subestação 69/13,8kV (crescimento de 20% na capacidade instalada) no município de Criciúma, prevista para terminar 2022. A área irá viabilizar a implantação da subestação na data prevista, obra que vai proporcionar melhor recursividade de atendimento aos consumidores da região de Criciúma;


O terreno deve ser adquirido ainda este ano. A Celesc está em contato com lideranças do município para avaliar as opções.


- Aquisição de Terreno e construção da SE Araranguá II


Terreno para implantação da nova subestação 69/13,8kV (crescimento de 50% na capacidade instalada) no município de Araranguá, prevista para ser entregue em 2022. Na subestação, que deverá ser construída na estrada de acesso ao Balneário Arroio do Silva, será instalado um transformador de 26MVA com regulação automática e vai se configurar em uma nova fonte de abastecimento do sistema elétrico do Extremo Sul catarinense. 


MÉDIA TENSÃO – Os investimentos da Celesc previstos para 2019 no sistema de média tensão na região incluem ampliações, melhorias, aquisição de equipamentos especiais e de alimentadores que, juntos, somam R$ 9,5 milhões. 


 



Agência Comunicaz a serviço da Celesc


18/04/2019  às 10hs44