09/06/2018  às 11hs12

Geral

Estela Benetti fala sobre economia e inovação e afirma crescimento em SC

Encontro foi o pré-lançamento da 9ª Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc



Mayra Lima

Mayra Lima

A Unesc recebeu na noite dessa sexta-feira, dia 8, a jornalista Estela Benetti para o pré-lançamento da 9ª SCT (Semana de Ciência e Tecnologia) da Unesc. Com a temática “Economia e Inovação”, Estela falou trouxe informações referentes ao estado e também à região de Criciúma. Segundo ela a situação atual do país não está em suas melhores condições, mas Santa Catarina está à frente da média nacional.

“O Estado cresceu bem no ano passado, tivemos saldo positivo de empregos e este ano estamos crescendo mais que a média nacional. Inclusive, na região de Criciúma, foram quase mil novos empregos este ano. Então apesar da dificuldade estamos animados”, comentou.  

Segundo ela, a crise pesa no desenvolvimento da inovação, mas felizmente os empresários catarinenses olham para o futuro. “Eles continuam investindo em equipamentos, produtos e soluções que permitissem maiores inovações. Santa Catarina tem esse investimento maior que a média. Além disso, as empresas tradições, que já realizam de pesquisas internas, também estão se associando ao setor de tecnologia da informação para aprimorar seus produtos e serviços”, ressaltou.

Semana de Ciência e Tecnologia

A  9ª SCT ocorre de 22 a 26 de outubro, em diversos espaços da Universidade e vai reunir professores, pesquisadores e estudantes da Unesc e de outras IES (Instituições de Ensino Superior), além de alunos de escolas da região e pessoas da comunidade. A programação do evento inclui atividades como palestras, minicursos, workshops, oficinas, atrações culturais, apresentações de trabalhos (orais e pôsteres) de iniciação científica e de extensão e relatos de ensino resultantes das atividades da Unesc e de outras instituições.

Para a reitora, Luciane Ceretta, o evento é uma das marcas importantes da Unesc, como Universidade Comunitária. “Uma Instituição com fortes investimentos próprios em pesquisa e extensão, já que nos últimos anos tivemos uma queda acentuada no fomento e no incentivo financeiro do Governo Federal e de órgãos públicos na ciência e tecnologia do país, com fortes repercussões e reflexos nas nossas Universidades. Um país, uma região, que não investe em educação não consegue discutir desenvolvimento”, comentou. 

Saiba mais

A Semana é realizada anualmente e está ligada à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Em 2018, as atividades serão norteadas pela temática “Ciência para a Redução das Desigualdades”, que é embasada no 10º Objetivo do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 estabelecida pela Organização das Nações Unidas. A temática busca debater a contribuição das ciências para a redução das desigualdades no Brasil, fomentar o uso social da ciência e da tecnologia, auxiliar no combate às desigualdades por meio da popularização e divulgação da ciência e da tecnologia.

A coordenadora da SCT da Unesc, Merisandra Côrtes de Mattos Garcia, explica que a semana é uma oportunidade para estimular a iniciação científica e tecnológica como forma de construir e aplicar o conhecimento adquirido em diferentes espaços, dentro e fora da Universidade. “Esse estímulo acontece não somente no meio acadêmico, mas também na sociedade, por meio da Feira de Inovação e da Feira de Ciências, promovendo a inserção da comunidade na Universidade”.

Colaboração: Unesc


09/06/2018  às 11hs12