05/08/2019  às 07hs41

Geral

Fim de semana tem duas mortes na região



O corpo do homem que morreu após ser agredido na madrugada de sábado, em Tubarão, segue no Instituto Médico Legal (IML). Até o fechamento desta edição, ele continuava sem identificação.

Segundo informações preliminares, ele teria morrido após ser atacado com golpes de faca nas proximidades da antiga rodoviária, no Centro da cidade. 

O homem teria entre 30 e 37 anos, 1,75 de altura, pele clara, cabelo e barba aparados, além de diversas tatuagens pelo corpo. Ele teria sido encaminhado pelo Samu até o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) na manhã de sábado, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Por telefone, o delegado Rubem Teston explicou que o caso está sendo investigado e que, por enquanto, não é possível passar mais informações. 

A morte do homem completa o 17º homicídio registrado neste ano na Amurel. O último caso tinha acontecido no fim de julho, quando o corpo de Eronita Freitas da Silva, de 47 anos, foi encontrado boiando no rio Tubarão, próximo à ponte do bairro Morrotes. Segundo a polícia, a causa da morte foi traumatismo craniano causado por golpes de um pedaço de madeira.


Motociclista morre na BR-101


Mais uma morte foi registrada na BR-101, em Laguna. Foi na madrugada de sexta para sábado, no bairro Cabeçuda. André Venicio Vieira, de 47 anos, morreu no local do acidente. Ele conduzia a moto que acabou batendo em um carro, ambos os veículos com placas de Laguna. O motorista do carro envolvido no acidente, de 60 anos, não se feriu. 

O velório aconteceu no sábado e o sepultamento ontem, no Cemitério da Ponta da Barra. Segundo amigos da vítima, André era funcionário dos Correios e nas horas vagas atuava como entregador de pizza.


 


Fonte: Diário do Sul.


05/08/2019  às 07hs41