27/01/2020  às 08hs21

Geral

Governador anuncia R$ 6,2 milhões de investimentos para São Ludgero

O governador ainda inaugurou 16,5 quilômetros de pavimentação e sancionou uma Lei de precaução e preservação.


Fotos: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Fotos: Ricardo Wolffenbüttel / Secom


O governador Carlos Moisés anunciou em São Ludgero, neste sábado (25), o repasse de mais R$ 3.740.367,67 para a educação e mais R$ 2.545.857,24 para infraestrutura do município. Ele ainda inaugurou 16,5 quilômetros de pavimentação em trechos de estradas da cidade. Durante a cerimônia, Carlos Moisés também sancionou uma Lei de precaução e preservação.


“Um município forte é que faz um estado ainda mais forte. O povo de São Ludgero é um exemplo. Muitas famílias cederam suas áreas para a pavimentação, não cobraram pela desapropriação e todos foram beneficiados com as melhorias. O nosso governo tem o propósito de fazer mais com menos. A nossa parceria deu certo e deve continuar”, disse o governador.


Para as obras de pavimentação que foram inauguradas, o Governo do Estado repassou para o município R$ R$ 3.261.851,03. Com a entrega da obra, moradores das regiões de Nova Estrela, Três Divisas, Rio Pinheiros, Barra do Norte, Morro do Cruzeiro, Mar Grosso e Bom Retiro foram beneficiados.


O trabalho de pavimentação foi executado pela Secretaria de Obras da prefeitura de São Ludgero. Segundo o prefeito, Ibaneis Lembeck, o custo do serviço foi muito menor, por causa de uma nova forma de fazer pavimentações, usando a estrutura e os servidores do município.


Mais infraestrutura


O governador Carlos Moisés ainda liberou mais R$ 2.538.357,24 para infraestrutura de São Ludgero. Esse recurso será destinado para a pavimentação da Estrada Geral Barra Norte. Além disso, assinou um convênio para transferência de mais R$ 750.000,00 para a contratação de máquinas que serão usadas na obra.


Mais investimento em educação


Durante a cerimônia, o governador autorizou a execução da reforma geral e também da ampliação da Escola de Educação Básica de São Ludgero. A obra está orçada em R$ 3.740.367,67.


“É de fundamental importância a revitalização de todas as nossas escolas. Sabemos que é preciso investir em educação. Não há outro caminho para mudar as escolhas do povo, se não investir em educação. E nós já temos o Programa Minha Nova Escola, que vai levar melhorias para todos os colégios do nosso estado, inclusive aqui, em São Ludgero”, contou o governador.


Há mais de 10 anos a obra da Escola de São Ludgero era esperada. O colégio foi construído pelos próprios moradores da cidade. Atualmente, recebe 1,3 mil alunos do fundamental e do ensino médio.


“Esse é um colégio que faz parte da história do município. Por isso, nós estamos empenhando esforço em liberar o recurso. Afinal, devemos nos dedicar onde a educação acontece: nas escolas. A missão dada pelo nosso governador é de que Santa Catarina precisa ter colégios onde professores, alunos, funcionários e famílias sintam-se bem. É o que estamos fazendo”, disse o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.


Lei de precaução e preservação


Outro ato registrado em São Ludgero foi a sanção da lei que institui e define como zona livre de exploração do fosfato natural ou rocha fosfática, derivados e estocagem de enxofre submetido a reações químicas visando a produção de ácido sulfúrico. Assim, a lei estabelece normas e critérios básicos de precaução e preservação do solo, do meio ambiente, fauna e flora.


“Eu sempre acompanhei de perto o caso da exploração do fosfato, mesmo antes de assumir o Governo do Estado. Por isso, sei da importância dessa lei. É mais segurança para toda a nossa região do Sul do estado e para todos os catarinense”, reforçou Carlos Moisés.


Participaram da cerimônia deste sábado em São Ludgero o chefe da Casa Civil, Douglas Borba, o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, o secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, Dirceu Antônio Oldra, o deputado estadual, Volnei Weber, além do prefeito Ibaneis Lembeck e representantes da comunidade.


Fonte: Sul in Foco.


27/01/2020  às 08hs21