19/10/2018  às 08hs18

Polícia

Homem é condenado a 18 anos de reclusão por assassinato de adolescente em Criciúma

A vítima foi morta com 15 disparos de arma de fogo e várias facadas, desferidas pelo autor do homicídio depois que acabou a munição da pistola


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


Um homem de 27 anos foi condenado por homicídio duplamente qualificado, acusado de ter matado um adolescente de 17 anos no bairro Renascer, em Criciúma, em abril de 2016. O veredicto foi anunciado no Tribunal do Júri nessa quarta-feira.


O homicídio foi qualificado porque o criminoso o cometeu por meio cruel e dificultou a defesa da vítima. A sessão foi presidida pelo juiz da 1ª Vara Criminal da comarca de Criciúma, Fabiano Antunes da Silva, que aplicou a pena de 18 anos e oito meses de reclusão. O condenado ainda pode recorrer.


A inquérito que esclareceu o homicídio foi conduzido pela Divisão de Investigação Criminal – DIC da Polícia Civil de Criciúma. Até meados do ano passado, a participação do homem havia sido descartada depois que dois adolescentes confessaram ter participado de um crime.


Mas a Polícia Civil encontrou arquivos relacionados a uma facção criminosa estadual durante uma operação para fechar uma oficina de desmanche de veículos. Entre eles, havia uma carta de um dos adolescentes que confessaram o crime informando que o homem, então com 25 anos, cometeu o assassinato.


A vítima foi morta com 15 disparos de arma de fogo e várias facadas, desferidas pelo autor do homicídio depois que acabou a munição da pistola. A motivação foi a rixa entre grupos rivais de traficantes de Criciúma.


Com informações do site NSC Total 


19/10/2018  às 08hs18