05/06/2018  às 10hs23

Saúde

Hospitais da região retomam cirurgias eletivas


Foto: reprodução/Diário do Sul

Foto: reprodução/Diário do Sul


Nesta semana devem ser totalmente normalizados os exames e as cirurgias eletivas que estavam suspensas nos hospitais da região devido à greve dos caminhoneiros. No Estado, foram mais de 900 operações suspensas, incluindo da rede privada, durante a paralisação. 

Em Tubarão, no Hospital Nossa Senhora da Conceição os procedimentos e as cirurgias eletivas já estão sendo realizados, segundo a assessoria de imprensa. No Hospital Socimed, de acordo com a direção, os procedimentos estão retornando gradativamente, e a expectativa é que nesta semana o fluxo normal seja retomado.

Em Braço do Norte, o Hospital Santa Teresinha deve estar com o atendimento normalizado até sexta-feira. Segundo o diretor-geral Vitor Hugo Abitante, algumas cirurgias já começam a ser feitas hoje, e o hospital aguarda apenas a normalização na entrega de alguns produtos de fornecedores, que estão atrasados. 

Em Imbituba, o Hospital São Camilo está trabalhando normalmente, sem falta de insumos.

No Estado, até o início da tarde de ontem, após 11 dias do cancelamento, o governo ainda não tinha cronograma para atender esses pacientes. No dia 25 de maio, o secretário Acélio Casagrande tomou a medida de suspensão para garantir que não faltassem remédios e insumos nos prontos-socorros e nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). 

Durante a paralisação dos caminhoneiros, duas mil cirurgias foram suspensas em dez unidades. Segundo a Federação dos Hospitais e Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Estado, a maioria das unidades filantrópicas retomaram ontem as atividades e estão fazendo o reagendamento de cirurgias. A informação é do Diário do Sul.


05/06/2018  às 10hs23