05/09/2017  às 10hs15

Saúde

“Hospital de Içara gasta mais de R$ 40 mil mensais com pacientes de outros municípios”, diz prefeito


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Em resposta à proposta da prefeitura de Criciúma para implantar porta referenciada no Hospital Materno Infantil Santa Catarina (HMISC), o prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon, garantiu que a situação se repete em outros hospitais da região, como o próprio São Donato, de Içara.

“Eu compreendo que a presença de pessoas de fora de Criciúma levam para a cidade uma conta que vai além da capacidade de pagamento. Em Içara não é diferente com o Hospital São Donato, assim como em Urussanga e Morro da Fumaça”, destacou Gastaldon.

O prefeito defende que, se municípios ressarcirem atendimentos no Santa Catarina, devem fazer o mesmo nos outros hospitais da região. O chefe do poder executivo afirmou que Içara gasta mais de R$ 40 mil mensais com pacientes vindos de outros municípios, sendo Criciúma o principal.

“De primeiro de janeiro ao último de julho houve 3.700 pessoas de Criciúma atendidas no Hospital São Donato. Dos 120 partos que faz pro mês, em torno de 30 a 35 são de Içara, o resto é de fora, sendo a maioria de Criciúma”, disse.

Criciúma recebe mais recursos por ser uma cidade polo. Uma reunião na Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) deve discutir políticas para melhor divisão de verbas.

“Acredito que o colegiado de secretários municipais de saúde e diretores de hospitais encontrem uma política que viabilize esse sistema. Os recursos devem ser melhores divididos”, finalizou o prefeito de Içara.

 

Com informações do site 4oito


05/09/2017  às 10hs15