02/12/2020  às 13hs50 - Atualizado em 02/12/2020  às 14hs59

Polícia

IGP apreende materiais em galpão em Içara; local teria sido utilizado por assaltantes

Peritos estiveram no local por mais de duas horas na manhã desta quarta-feira.


Foto: Thiago Hockmüller/Portal Engeplus

Foto: Thiago Hockmüller/Portal Engeplus


As investigações após o atentado em Criciúma iniciaram ainda na madrugada de terça-feira, dia 1. Após o roubo na agência do Banco do Brasil, a Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias (IGP) começaram uma força-tarefa em busca de evidências que levem aos criminosos. 


Em coletiva na tarde de ontem, o perito-geral do Instituto Geral de Perícias (IGP), Giovani Adriano, garantiu que não há crime perfeito. Nesta quarta-feira, dia 2, os policiais encontraram um galpão supostamente utilizado pelos criminosos. 


O galpão foi alugado e dentro estavam latas de tintas utilizadas para pintar os carros utilizados durante o assalto. Os peritos informaram a reportagem do Portal Engeplus que encontraram garrafas de água, ferramentas e galões de tinta. Além disso, foram encontradas digitais, entretanto ainda não relataram se realmente são dos assaltantes ou de pessoas que já trabalharam no local.


Com informações do Portal Engeplus


02/12/2020  às 13hs50