02/07/2019  às 13hs22 - Atualizado em 02/07/2019  às 13hs37

Política

Insatisfeitos com a poeira, moradores procuram Legislativo de Treviso


Foto: Rafaela Maffioletti

Foto: Rafaela Maffioletti


A pedido da Associação de Moradores do bairro Santa Cruz, os vereadores Sidnei Viola (PP), Luciano Miotelli (MDB), José Bonomi (MDB), Reginaldo Rizzati (MDB) e Rodrigo Nava (PSB) participaram de uma reunião na comunidade. O encontro ocorreu neste domingo, 30, no Centro de Múltiplo Uso Hugo Pagani.


Na oportunidade, os moradores apresentaram aos parlamentares as demandas do local. Eles cobram do poder executivo ações para diminuir a poeira no bairro, como por exemplo, molhar as estradas de chão com o caminhão pipa e asfaltar as ruas.


O assunto já foi levado ao poder executivo. Segundo a secretária da Associação de Moradores, Angelica Rizzatti Padilha, dois ofícios foram encaminhados à prefeitura para solicitar medidas paliativas para diminuir a poeira. Ainda conforme a secretária, o poder público não atendeu aos pedidos de forma satisfatória.


"A gente tem respostas, mas é por questão de dias. Depois acaba caindo no esquecimento e a gente fica sem o que solicita, que seja molhando a estrada uma vez ao dia", finaliza.


Conforme o presidente da Casa, vereador Sidnei Viola (PP), as demandas da comunidade são recorrentes no Legislativo. "Já realizamos uma indicação pedindo a contratação de um caminhão pipa. E podemos pedir novamente. Estamos à disposição da comunidade", disse.


Para o vereador Reginaldo Rizzati (MDB), o executivo precisa melhorar a qualidade dos materiais utilizados nas estradas de chão. "O areião não serve para colocar na estrada. Existe outro material que diminui o pó. E precisamos de mais um caminhão", afirmou.


Transtornos


A família da dona de casa Scheila Alves de Miranda Valente está sofrendo com problemas respiratórios causados pela poeira. "Meu filho maior tem rinite, tem tendência alérgica e dermatite por causa da poeira, e agora o bebê também tem. Não tem condições de viver dentro de casa", afirmou.


A poeira também afeta a família da professora Cristina Pagani Possenti. "Está difícil entrar dentro de casa e encontrar pó em todo lugar. Qualquer lugar que colocamos a mão tem poeira", disse.


Asfalto


Os moradores do bairro Santa Cruz aguardar a pavimentação asfáltica. Atualmente, uma empresa retira cascalho na comunidade. Conforme Angelica, um representante da empresa procurou a Associação para asfaltar o local.


"A gente fez uma reunião com a Associação, e decidimos que eles poderiam retirar, mas mediante algumas medidas. Chamamos também o poder executivo, e a gente solicitou o asfalto para que esse material retirado ficasse uma parte na comunidade. E assim buscar parcerias com o executivo, agora que tem a usina de asfalto, e a gente tem uma promessa de emenda parlamentar", completou.


Para o vereador José Bonomi (MDB), a Câmara Municipal precisa avaliar as obras do município, e as comunidades que precisam de asfalto. Agora, a Câmara Municipal irá realizar uma indicação solicitando medidas para amenizar a poeira. Além disso, o Legislativo pretende procurar a empresa para dar continuidade aos encaminhamentos necessários para o asfalto.


"Não temos o poder de executar, dependemos do executivo e entendemos a preocupação dos moradores", concluiu o vereador Luciano Miotelli (MDB).


Colaboração: Rafaela Maffioletti / Assessoria Câmara de Treviso



02/07/2019  às 13hs22