23/01/2020  às 08hs01

Geral

Justiça condena 13 pessoas a mais de 90 anos por tráfico de drogas em Orleans

Acusados foram presos na Operação “Duloc: não quebre as regras” realizada pela Polícia Civil de Orleans em dezembro de 2018.


Foto: Divulgação/Polícia Civil.

Foto: Divulgação/Polícia Civil.


Saiu a sentença de 13 pessoas presas na Operação “Duloc: não quebre as regras”, realizada em dezembro de 2018 em Orleans. A condenação dos acusados chega a 92 anos, dois meses e 11 dias. A Operação foi realizada para combater uma organização criminosa destinada a prática de crimes de roubo e tráfico de drogas.


As investigações iniciaram em setembro de 2018 e identificaram diversos suspeitos que praticavam crimes como o tráfico, a associação para o tráfico, a corrupção de menores e a posse irregular de armas e munições. Antes mesmo de desencadear a Operação Duloc, a polícia conseguiu prender alguns suspeitos.


Na manhã do dia 19 de dezembro de 2018 foram cumpridos 13 mandados, que deram início à parte operacional da Operação Duloc. Neste dia foram presos em flagrante cinco investigados, dois presos temporariamente e dois presos preventivamente. Participaram policiais civis da Região Sul, além do K9 da Polícia Militar e o Pelotão da Polícia Militar de Orleans.


O inquérito policial foi concluído em janeiro de 2019 com mais de 700 páginas de investigação, que identificou 20 pessoas que atuavam no tráfico de drogas em Orleans. Sete dos suspeitos já estavam respondendo ações penais por crime de tráfico. Ao final dos processos, em primeira instância, 13 investigados foram condenados a 92 anos, dois meses e 11 dias.


“É importante ressaltar a integração entre a Polícia Civil, a Polícia Militar, o Ministério Público, por meio dos promotores Fernando de Brito Ramos e Marcelo Francisco da Silva, e o Poder Judiciário, por meio da Juíza Bruna Becker Búrigo. A atuação em conjunto tem colaborado na redução da criminalidade em Orleans”, destaca o Delegado Ulisses Gabriel.


Fonte: Engeplus.


23/01/2020  às 08hs01