23/04/2018  às 14hs33

Esportes

Lauromüllense encerra temporada com 15 gols na Itália

João Alonso Ramos, de 22 anos, atua há três anos na europa


Foto: CB Live / Reprodução

Foto: CB Live / Reprodução

O sonho de muitos garotos é ser jogador de futebol e com João Alonso Ramos, de 22 anos, não foi diferente. O lauromüllense gosta e atua no futebol desde os cinco anos, quando treinava em sua cidade natal. No futsal se destacou e atualmente defende o Circolo la Nebbia Cus Molise, da segunda divisão italiana. 

A sua ida para outro país iniciou após alguns professores de futsal o assistirem jogar e o indicaram para clubes italianos. “Eu estava atuando no Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) pela equipe de Criciúma, quando fui visto e indicado para os times da Itália. Foi uma surpresa”, lembrou. 

De acordo com o jogador, seus primeiros meses no país não foram fáceis porque a cultura e alimentação foram questões complicadas. “No começo foi um pouco difícil, pois não sabia a questão da língua, gastronomia e até mesmo cultura. Aos poucos fui me adaptando, mas tive ajuda de um brasileiro, o que me fortaleceu muito”, comentou.  

Sobre a adaptação com o futsal europeu, o jogador afirmou que no Brasil o esporte é mais disputado. “Como no Brasil é apenas uma liga, onde possui bons atletas, a competição é mais forte”, explicou. 

Ramos vem ao Brasil a cada final de temporada para ficar com a família e amigos. O lauromüllense, porém, ainda não conquistou títulos na Europa, mas no seu primeiro ano, chegou à semifinal da Série B do campeonato nacional e sua equipe parou na semifinal do playoff do sub-21. 

Na atual temporada, o time de Alonso terminou seu grupo em 5º lugar, com 33 pontos, e não se classificou para o playoff que definirá quem subirá de divisão. O lauromüllense, que atua como ala, anotou 15 gols.

Sonhos 

O desejo do jogador é poder voltar a jogar no Brasil. “Sempre sonhei em disputar uma liga nacional. Acredito que qualquer jogador que saia do país pensa em ganhar experiência e um dia poder voltar e ter uma chance de disputar um campeonato brasileiro. Comigo não é diferente. Vou buscar treinar, me aperfeiçoar ainda mais para que esse desejo se torne realidade”, finalizou. A informação é do portal Engeplus.


23/04/2018  às 14hs33