27/03/2020  às 09hs42

Geral

Meteorologista alerta para período de estiagem na região

Piter Scheuer ressalta a importância da economia da água, já que previsão aponta para que os próximos meses sejam de chuva abaixo do esperado para o período.


Foto: Arquivo / Notícias JH

Foto: Arquivo / Notícias JH


O Meteorologista Piter Scheuer faz um alerta para os moradores do Sul de Santa Catarina, tendo em vista que a região enfrenta um período de estiagem. Segundo ele, março registrou apenas 24 milímetros de chuva, quando o esperado para este mês fica entre 130 e 140 milímetros. Por conta disso, o profissional ressalta a importância de a população se atentar para a economia de água.


“No domingo, pode haver pancadas passageiras de chuva de forma bem isolada, aumentando só um pouco mais a umidade e a concentração de nuvens. Precisamos ter cuidado em relação à economia da água, tendo em vista que os próximos meses não têm previsão de chuva volumosa. Então a recomendação é que se tome banhos mais curtos, mantenha a torneira fechada, use vassoura ou pano ao invés de mangueira para limpar as calçadas e evite lavar o carro”, recomendou.


Segundo o meteorologista, a condição de estiagem estará presente também nos meses de abril, maio, junho e julho. “Claro que não é seco o tempo inteiro, mas fica parecido com março. Neste mês, tivemos registro de pouca chuva, tem gente que nem lembra da última vez que choveu, pois faz algum tempo. Ficou bem abaixo do esperado e não é satisfatória, principalmente no que diz respeito às culturas de verão. As massas de ar seco que estão atuando em nossa região, que tecnicamente chamamos de alta pressão, dificultam a formação de nuvens. Por estarmos em um processo de estiagem, precisamos ter atenção na questão de economia da água para não termos problema futuramente”, reforçou.


Além da preocupação com o uso consciente da água, em tempos de coronavírus, se faz necessários se atentar às condições climáticas para manter a imunidade alta. “Estamos sobre o domínio de uma massa de ar mais seco, que faz com que haja dois extremos. O primeiro é no período da manhã, com temperaturas mais amenas, por volta de 15ºC, somada à umidade, que está alta, e isso é bem propício para sereno. Neste ambiente atmosférico fica bem fácil de pegar um resfriado, não só para quem está com baixa imunidade, mas para qualquer pessoa. Então é bem importante ter atenção neste sentido, devido ao coronavírus, para evitar ficar gripado. À tarde, fica mais quente, próximo à casa dos 30ºC. À noite volta a ficar parecido com a manhã. Neste sentido, é claro que a economia de água não se aplica à ingestão do líquido, pois é necessário se hidratar, além de ter os cuidados de higiene para evitar a proliferação do coronavírus”, concluiu.


Redação Notícias JH


27/03/2020  às 09hs42