25/02/2019  às 08hs16

Esportes

Nadador criciumense é destaque em Portugal representando o clube Benfica

Leonardo Schilling nada há 17 anos e busca uma vaga olímpica


Foto: Rafaela Custódio

Foto: Rafaela Custódio


O nadador Leonardo Schilling, de 25 anos, chegou recentemente em Criciúma, isso porque ele estava em Portugal, onde assinou contrato com o clube Benfica. Na Europa, o criciumense disputou 11 provas e venceu dez. Ele nada há 17 anos e atualmente busca índice para participar das Olímpiadas.


Schilling ressalta que há muito tempo buscava competir pelo Benfica. “O desejo se concretizou em outubro do ano passado e viajei em janeiro para Lisboa para participar dos primeiros eventos. Meu agente profissional mora em Portugal e isso facilitou as negociações. Os resultados favoreceram muito e, principalmente, o que mais chamou a atenção deles é por eu estar na mesma equipe há muito anos com os mesmos treinadores, e isso passou confiança”, observa.


Atualmente, o Benfica possui mais de 230 mil sócios pagantes. Schilling foi apresentado em rede nacional pelo canal do clube. “Cheguei lá no domingo e segunda-feira já fui apresentado. Fizemos um tour pelo estádio e isso foi fantástico. Aos poucos fomos conversando e descobrindo quais eram os objetivos do clube e também quais eram meus objetivos. Acertamos os treinamentos e fizemos um acordo de que a responsabilidade seria dividida. Eles atualmente tem a responsabilidade de me treinar, de treinar a minha equipe no Brasil e eu de trazer resultados. O objetivo do clube é que eu traga os campeonatos nacionais”, explica.


O criciumense relata que as conversas são com alto grau de pressão e também de profissionalismo. “O clube está disposto a ajudar em tudo que for preciso, seja financeiramente como com moradia, logística, tudo que eu preciso. Preciso apresentar resultados. Ao longo dos anos que conversamos eles verão evolução”, comenta.


Ele conta que ao chegar no clube foi visto com maus olhos. “Isso só aumentou a carga em cima de mim. Fiz três eventos no local. Me colocaram nas minhas provas e me deram condições para isso, mas antes de cada prova eu era lembrado que precisava vencer, porque o investimento era muito alto. Ganhei dez provas de 11 disputadas”, afirma.


“Nosso plano é pegar as marcas dos Jogos Olímpicos e vencer os torneios nacionais. Também queremos aumentar a gama de investimentos. É uma brincadeira caríssima, é uma brincadeira muito séria”, relata.


 


illing está treinando no Colégio Marista porque o clube percebe que o nadador precisa de uma transição. “Tenho que estar presentes em todos os treinos. Preciso passar as marcas que faço nos treinos. O controle é feito por diálogo. Se eu não fizer os treinos, não vou conseguir chegar onde quero. Não posso me trair. Preciso dar meu máximo todos os dias”, declara.

“Preciso ser o melhor para chegar onde quero”.

 Leonardo Schilling​


O criciumense está treinando de 10 a 11 quilômetros por dia de natação de segunda a sábado. “Se o plano é ir para as Olimpíadas em 2020, preciso seguir o planejamento. Todo dia faz diferença”, lembra.

“Agora é treinar, esperar e as coisas vão acontecer naturalmente. Tenho que treinar e trazer resultado”.

 Leonardo Schilling​


O nadador ressalta que Portugal é um país pequeno e que uma competição junta mais de mil atletas. “Muita gente me questionou como isso aconteceu, mas foi um passo de cada vez. Sempre falei que isso daria certo. É só uma questão de trabalhar”, afirma."Hoje, não é só talento. É preciso trabalhar", acrescenta. 


 


Com informações do Portal Engeplus.


25/02/2019  às 08hs16