09/08/2019  às 16hs38

Esportes

Nos pênaltis, Brusque vence o Ituano e está na final da Série D

Time catarinense reverteu a desvantagem e levou a melhor nas penalidades máximas.


Foto:  Lucas Cardoso

Foto: Lucas Cardoso "Fio" marcou o primeiro gol e Brusque está na decisão da Série D.


O Brusque Futebol Clube venceu o Ituano, de São Paulo, pelo placar de 2 a 0 no tempo regulamentar e nos pênaltis (4x3), na tarde do último domingo no estádio Augusto Bauer e está na decisão do Campeonato Brasileiro de futebol - Série D. A classificação do time catarinense foi emocionante. Após ser derrotado no jogo de ida no interior paulista também por 2x0, a equipe do técnico Waguinho Dias devolveu o placar atuando em seus domínios, forçando assim as penalidades máximas. Daí, na marca da cal, o Quadricolor foi mais eficiente e venceu por 4 a 3.


O JOGO.


Com total domínio do Brusque, o primeiro tempo se resumiu em ataque contra defesa, com ao menos quatro chances claras para abrir o marcador. O primeiro gol saiu aos 17 minutos: Airton cruzou na medida para “Fio” marcar de cabeça. Já na etapa complementar, sem o mesmo ritmo do primeiro tempo, as equipes travaram um duelo mais estudado. Sem impor grande pressão, os catarinenses ampliaram aos 19 minutos, após Thiago Alagoano receber sozinho dentro da grande área e fuzilar a rede do goleiro Pegorari.


PENALIDADES.


Marcelinho, Corrêa e Paulinho Dias marcaram para os visitantes e pelo lado do Brusque - Tiago Alagoano, Airton, Thiago Henrique e Zé Matheus converteram.


MANAUS COMO ADVERSÁRIO.


O time amazonense eliminou o Jacuipense, da Bahia, na outra semifinal. Após empate sem gols na primeira partida, o Manaus venceu em casa por 1 a 0 e garantiu vaga na decisão. O primeiro jogo da final acontece neste domingo, 11 no Estádio Augusto Bauer, na cidade de Brusque ás 16h; já a volta será dia 18 na Arena da Amazônia.


SELETO GRUPO.


O Brusque entrou para um seleto grupo de equipes do Estado que alcançam uma decisão de torneio nacional e/ou internacional. Até o momento na história do futebol barriga-verde, apenas cinco times detinham tal condição: Avaí, Chapecoense, Criciúma, Figueirense e Joinville. 


09/08/2019  às 16hs38