03/07/2020  às 09hs01 - Atualizado em 03/07/2020  às 09hs26

Geral

Notícias de Grão-Pará, com Enio João Zanelatto Bagio


Colunista Enio João Zanelatto Bagio

Colunista Enio João Zanelatto Bagio


Pórtico de entrada é inaugurado


O Executivo Municipal inaugurou, na última terça-feira, dia 30 de junho, o pórtico de entrada do município de Grão-Pará, que foi construído na comunidade do Rio Pequeno, na Rodovia SC-370. Os recursos para a construção do pórtico de entrada foi na ordem de R$ 288.432,64, sendo que, deste valor, R$ 44.682,64 foi contrapartida do Município, já o restante, R$ 243.750, foram recursos disponibilizado pelo Governo Federal, oriundo do Ministério do Turismo, disponibilizado através de uma emenda parlamentar do ex-deputado federal Ronaldo Benedet. do MDB. Devido à pandemia, a obra foi inaugurada sem público presente, tendo somente o prefeito Márcio Borba Blasius, seu vice-prefeito Ademir Bonetti e a secretária de Planejamento e Urbanismos Daiana Junckes, através de uma live transmitida na página do Facebook da Prefeitura Municipal, onde o prefeito salientou a importância da obra para o turismo municipal.




Novo decreto Covid-19


Preocupados com o aumento nos casos de Covid-19 e também com os óbitos dos últimos dias, os prefeitos da Amurel resolveram editar portaria em conjunto visando frear a contaminação da população. E diversas foram as ações, tais como: restringir o funcionamento de bares somente até as 18 horas, lanchonetes até as 22 horas e a proibição de festas familiares, além multar os estabelecimentos, bem como as pessoas que não estiverem fazendo uso de máscara. Essas medidas são bastante pertinentes, já que estamos com muitos doentes hospitalizados e pouca oferta de UTI a disposição. Portanto, é de suma importância que pessoas que apresentam comorbidades, estando na faixa de risco, fiquem em casa e esperem esta onda passar, já que a vida é o nosso bem mais precioso.



Ciclone causa prejuízos em GP


O ciclone Bomba que ocorreu na tarde e noite da última terça-feira, dia 30 de junho, trouxe muitos prejuízos para o município de Grão-Pará. Ainda de forma superficial e sem mensurar os prejuízos em valores, a Defesa Civil Municipal está trabalhando e levantando todos os danos causados pela tempestade de vento. Segundo o coordenador municipal, Dione Heinzen, quando todos os dados dos prejuízos forem compilados e estiverem em mãos, ai será reunida a coordenação da Defesa Civil para decidir se será decretado ou não situação de emergência. Os maiores prejuízos ficaram por conta do poder público, onde o ginásio do distrito de Aiurê não resistiu à força da ventania, derrubando uma das paredes e a cobertura vinda a baixo.


Já por parte da CERGAPA – Cooperativa de Eletricidade de Grão-Pará, os estragos foram ainda maiores, ou de grande monta, principalmente no interior do município, com a queda de árvores sobre a fiação da rede de energia elétrica, rompendo cabos e derrubando dezenas de postes. “Os nossos técnicos estão trabalhando a todo vapor desde o ocorrido para restabelecer a energia para todas as comunidades, ainda contratamos uma equipe de profissionais terceirizados para auxiliar e agilizar nos trabalhos. Ainda não mensuramos os prejuízos causados por este ciclone, porém, foram de grande monta”, salientou o presidente da CERGAPA, Evaldo de Oliveira. Por causa do ciclone, o município acabou ficando sem energia elétrica por algumas horas, devido a problemas na rede tronco da Celesc Distribuidora. Outros prejuízos também ficaram por conta de casas e galpões destelhados e em diversas comunidades muitos eucaliptos foram arrancados ou quebrados pela força do vento. Em algumas propriedades mais afetadas, plantações inteiras de eucalipto praticamente prontas para derrubada para serrar foram dizimadas pela força do ciclone. E, segundo informação dos proprietários, esta madeira servirá apenas para ser utilizada para lenha, já que o vento torceu os paus, rachando quase que por completo. O município irá contabilizar os estragos junto à Defesa Civil para avaliar se declara estado de emergência.




Entrega de mudas STR


Como ocorrem todos os anos, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Grão-Pará realizou o cadastramento de pedidos de mudas de plantas ornamentais, frutíferas, nativas e flores. Agora, chegaram as mudas vigorosas e de excelente qualidade, sendo aproximadamente 1.500 que estão sendo distribuídas aos agricultores do município, conforme seu pedido. “Para nós, enquanto presidente e nossa diretoria, é muito bom saber que nossos agricultores estão todos os anos investindo em seu pomar, bem como embelezando sua morada com flores e plantas ornamentais. Pois, além de mais árvores sendo plantadas, cada agricultor poderá colher suas frutas de forma saudável, sem agrotóxico”, pontuou o presidente do sindicato, José Bussolo. As mudas estão sendo distribuídas no centro de múltiplo uso. em frente à sede do sindicato e estarão à disposição dos agricultores que encomendaram até segunda-feira, dia 6 de julho. Logo após este período, serão vendidas aos interessados que procurarem.




Aplausos e Vaias


Aplausos da semana vão para os adeptos ao cooperativismo, que comemoram seu dia internacional neste sábado, dia 4 de julho. Com certeza, o melhor caminho para o agricultor, bem como o empresário da cidade, para se tornar mais forte, é através do cooperativismo. A união de todos os torna mais fortes! Parabéns a todos os cooperativistas!


Vaias da semana vão para a visita de alguns espertalhões nas residências do interior se dizendo do bem, benzendo a casa e oferecendo garrafadas milagrosas. Não aceite e nem permita que adentrem em sua residência, não corra este risco. Se desejar uma benção, peça ao padre que, com certeza, fará isso de graça. Nestes tempos de pandemia, todo cuidado é pouco.


Frase da semana: “Como ainda temos pessoas que se deixam enganar por charlatões? Como dizia Jesus, em suas pregações, homens de pouca fé”.  Enio Bagio



03/07/2020  às 09hs01