01/11/2018  às 08hs38 - Atualizado em 01/11/2018  às 11hs13

Saúde

Novembro Azul: Campanha faz alerta para o câncer de próstata

O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malígnas



O último mês foi dedicado às mulheres para a prevenção contra o câncer de mama, durante a campanha Outubro Rosa. Agora é a vez de os homens se precaverem contra o câncer de próstata, com a campanha Novembro Azul, a partir de hoje. Tipo mais comum entre os homens, o câncer de próstata é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. Somente entre 2016 e 2017, 61,2 mil novos casos foram estimados pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca).


A cada hora, sete homens recebem o diagnóstico de câncer de próstata no Brasil, de acordo com as estimativas de incidência do Inca para 2018 (68.220 casos/ano). Em todo o País, a Sociedade Brasileira de Urologia promoverá ações variadas a partir de hoje. Aspectos culturais, como o machismo, já tiveram muito mais impacto no diagnóstico e controle da doença há alguns anos, muitas vezes, associada com a perda da virilidade. Mas o cenário vem mudando recentemente.


Do tamanho de uma castanha e localizada abaixo da bexiga, a próstata tem como principal função produzir uma secreção fluida para nutrição e transporte dos espermatozoides. Ao longo da vida, a glândula pode desenvolver três doenças: a prostatite (inflamação), a hiperplasia prostática benigna (HPB) - crescimento benigno - e o câncer.


 


Fonte: Notisul


01/11/2018  às 08hs38