19/10/2017  às 11hs43 - Atualizado em 19/10/2017  às 11hs56

Educação

Orleans: Escola Toneza Cascaes implantará ensino médio integral em 2018

O projeto iniciará com alunos do 1º ano e expectativa é formar duas turmas com até 30 alunos


Foto: E.E.B. Toneza Cascaes

Foto: E.E.B. Toneza Cascaes

A Escola de Educação Básica Toneza Cascaes, de Orleans, foi escolhida para implantação do sistema de ensino médio integral em 2018. O projeto iniciará com alunos do 1º ano e expectativa é formar duas turmas com até 30 alunos. A iniciativa é uma parceria entre o Governo de Santa Catarina, Instituto Ayrton Senna e Instituto Natura.

O novo sistema será lançado na próxima quarta-feira, dia 25, às 19h30min nas dependências da escola. "Nós convocamos todos os pais de alunos que em 2018 ingressarão no 1º ano do ensino médio, independente da escola que estão matriculados hoje. Vamos apresentar detalhadamente o sistema e esclarecer todas as dúvidas. É muito importante a participação de todos", pontua a diretora da escola, Viviane Corrêa. "Até mesmo alunos de outras cidades que tenham alguma forma de transporte podem usufruir do sistema integral que vamos oferecer. A nossa expectativa é formar duas turmas com até 30 alunos", completa.

Viviane já adianta que o horário do sistema integral será das 7h45min às 17h15min e a escola disponibilizará três refeições. "Essa grade amplia a abordagem das disciplinas de português e matemática, aumentando para sete cadeiras cada uma. Além disso,  ainda implanta o Núcleo Articulador que traz a proposta de trabalho em projetos como 'Projeto de Vida', 'Projeto de Intervenção', 'Projeto de Pesquisa' e 'Estudos Orientados', fazendo com que o aluno não fique na sala de aula o tempo todo. É uma oportunidade de aprender a se organizar melhor e visualizar novos caminhos de aprender. A frase que traduz esse projeto é 'o aluno é protagonista da sua própria história'", detalha a diretora.

Ela ainda explica que a Escola de Educação Básica Toneza Cascaes será a única a ofertar ensino médio no município, disponibilizando também a opção de ingressar no 1º na grade regular. "Teremos também o regular no período da noite, mas para realizar a matrícula é preciso comprovar que trabalha e ter 16 anos completos", esclarece.

O período de matrícula para novos alunos - em ambos os sistemas - está previsto para o próximo mês e a diretoria da escola informará assim que a data exata for definida.

Uma conquista de todos

A notícia foi muito comemorada pela diretoria e pelo corpo docente da escola. "Passamos por uma criteriosa seleção e tivemos a alegria de trazer esse sistema para Orleans e também para as cidades vizinhas. É uma conquista de todos e as maiores recompensas são valorização do ensino e as vitórias que esses alunos vão alcançar ao longo da sua vida tendo essa proposta inovadora como base na construção de um novo olhar sobre todos os aspectos da vida", conclui Viviane.

Colaboração: Stéphanie Piava


 


19/10/2017  às 11hs43