10/02/2020  às 11hs46

Geral

Orleans: FHSO investe em melhorias em prol dos pacientes

Reforma em 17 ambientes do hospital e ampliação dos serviços prestados marcam o novo momento vivenciado pela instituição de Orleans



SUELEN BONGIOLO
Orleans


 


A população de Orleans vem percebendo mudanças na estrutura e nos atendimentos da Fundação Hospitalar Santa Otília (FHSO), em intervenções que buscam humanizar os serviços no local.


De 2018 para cá, 17 ambientes, como quartos, banheiros e a recepção do Pronto Socorro, receberam melhorias.


Aproximadamente R$ 600 mil já foram aplicados pela entidade, sendo R$ 90 mil investidos diretamente em obras e R$ 510 mil para pagamento de dívidas e negociações com fornecedores.


 


De acordo com o administrador da FHSO, Edivan Della Giustina, outras melhorias são projetadas pela entidade que acaba de completar 81 anos. O intuito é que elas possibilitem ampliar o número de atendimentos e melhorar os serviços prestados. “Queremos passar a atuar em psiquiatria e em cirurgia plástica. E a intenção é concluir a construção do prédio de dois andares que existe aqui atrás, feito há 30 anos e que está inacabado”, detalha.
A instituição também estuda se tornar referência em alguma especialidade, mas ainda não definiu em qual área. Na parte estrutural, uma medida que está em andamento é a obra nas janelas frontais do prédio, que passam por adaptação para deixar os ambientes mais confortáveis a colaboradores e pacientes.


 


Trabalhos na maternidade


A conclusão do prédio de dois andares prevista pela direção da FHSO resultará em avanços para a maternidade, já que o serviço será transferido a essa nova estrutura.


O setor, inclusive, passou por uma situação inusitada recentemente, quando seis partos ocorreram em menos de 24 horas. “O hospital esteve a ponto de fechar a obstetrícia há dois anos, mas agora está conseguindo atender a população.


Atualmente o trabalho funciona em esquema de sobreaviso, com especialistas como obstetra, anestesista e pediatra”, aponta.



A média é de 20 nascimentos via Sistema Único de Saúde (SUS), além dos partos realizados por meio de convênios e atendimentos particulares.


 


Fonte: Tnsul


10/02/2020  às 11hs46