11/06/2018  às 17hs36 - Atualizado em 12/06/2018  às 08hs12

Polícia

Pai atropela filha por acidente e menina não resiste, em Braço do Norte

A criança teria cerca de 1 ano e sete de meses de idade e foi atropelada pelo pai, enquanto brincava no patio da residência


O corpo da bebê Jennifer André Warmling, de 1 ano e 7 meses, já foi liberado à família para velório e sepultamento. Ela havia sido recolhida ao Instituto Médico-Legal (IML) de Tubarão, após ter sido atropelada e morta em um acidente envolvendo um veículo rural - um trator - conduzido pelo próprio pai. A fatalidade foi registrada na manhã desta segunda-feira (11), na comunidade de Rio Carolina, em Braço do Norte. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas assim que os profissionais chegaram já confirmaram que Jennifer não tinha mais sinais vitais.

O velório iniciou por volta das 22h desta segunda, na Capela Mortuária do Pinheiral. O sepultamento está agendado para esta terça-feira, no Cemitério do Pinheiral, mas ainda sem horário definido. A Família Warmling é muito conhecida na cidade e região e o acidente comoveu muitos moradores.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Brasil é líder em número de acidentes fatais com equipamentos no meio rural. São cerca de três mil mortes por ano no país. E a cada três acidentes ocorridos, um ocasiona a incapacidade permanente do trabalhador. Este caso em Braço do Norte envolveu uma criança e é considerado bem atípico ou raro no meio agrícola.


 


Fonte: Notisul


11/06/2018  às 17hs36