18/07/2018  às 10hs28

Polícia

Pai é preso suspeito de agredir bebê de apenas três meses, em Capivari de Baixo

A menina de Capivari de Baixo está na UTI e apresenta afundamento de crânio e diversos hematomas


Foto: Arquivo/Ligado no Sul

Foto: Arquivo/Ligado no Sul

Um bebê de três meses está internado em estado grave no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão. A menina de Capivari de Baixo está na UTI e apresenta afundamento de crânio e diversos hematomas. 

A suspeita é de que ela tenha sido agredida pelo próprio pai. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Vandilson Moreira da Silva, foram as equipes do hospital que acionaram a polícia e o Conselho Tutelar, após desconfiarem de agressões e maus-tratos, já que não foi a primeira vez que a menina deu entrada no hospital. 

O caso mais grave foi registrado ontem, quando a criança foi hospitalizada em Tubarão. “Ao que já apuramos, com apenas 20 dias de vida a menina foi internada e apresentou três costelas quebradas. Algum tempo depois, voltou ao hospital com convulsões. E hoje (ontem), chegou novamente na unidade hospitalar, só que, desta vez, em estado gravíssimo. Foi atendida e levada à Unidade de Terapia Intensiva”, informa Vandilson. 

Os pais, conforme o delegado, foram encaminhados à delegacia de Capivari de Baixo. Para a polícia, a mãe relatou inicialmente que os ferimentos da criança teriam sido provocados por uma queda. “Mas, conforme os médicos, a versão da mãe não foi compatível com o quadro de saúde apresentado pela bebezinha”, diz Vandilson. 

Até o fechamento desta edição, o estado de saúde da bebê era considerado gravíssimo, sendo que ela corria risco de morte. O caso é acompanhado pelo Conselho Tutelar da cidade, que, por sigilo, não pode repassar outras informações.

Mãe confessa que pai agrediu

Durante a tarde de ontem, conforme o delegado, os pais foram novamente ouvidos. “Então, a mãe confessou que foi o companheiro que praticou a conduta. O pai (da menina) foi preso em flagrante. Ele tem 25 anos”, diz o delegado. O homem foi preso por tentativa de homicídio, sendo encaminhado ao Presídio Masculino de Tubarão. Já a mãe responderá por maus-tratos em liberdade. A informação é do Diário do Sul.


18/07/2018  às 10hs28