19/05/2017  às 14hs27

Polícia

Pescador sem licença é flagrado com 1,2 tonelada de tainha em Garopaba

As tainhas apreendidas serão doadas para a secretaria de Assistência Social


Foto:

Foto:

Várias denúncias encaminhadas ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) levaram policiais militares ambientais de Laguna a confiscar um barco no valor estimado de R$ 200 mil, redes de pesca e mais de 1,2 tonelada de tainhas, além de multar e processar pescadores, na praia Central de  Garopaba e na do Campeche, em Florianópolis,  na tarde de terça-feira (16).

Na praia Central de Garopaba, os policiais flagraram um pescador em um barco motorizado atuando sem licença para pescar tainhas. Com ele foram encontrados cerca de 1.200 quilos do peixe.

Logo que chegaram à praia para iniciar o monitoramento, às 16h30min, os policiais avistaram dois pescadores colocando redes fixas próximo ao costão, prática proibida durante a temporada da tainha. Os dois homens, que ainda não haviam capturado nenhum pescado, tiveram os materiais apreendidos e foram notificados.

Por volta das 20h, os policiais abordaram o pescador com a grande quantidade de tainha. Segundo um dos envolvidos na operação, o homem disse ser o proprietário da embarcação, que ainda teria a arqueação bruta superior à permitida na região. As tainhas apreendidas serão doadas para a secretaria de Assistência Social de Garopaba e serão repassadas para creches e hospitais. Informação do portal A Hora.


19/05/2017  às 14hs27