11/02/2021  às 11hs07

Polícia

PM de Orleans recebe denúncias de imprudência por parte de motociclistas diariamente


Foto: Reprodução

Foto: Reprodução


Denúncias por infrações cometidas por motociclistas imprudentes têm sido recebidas diariamente pela Polícia Militar de Orleans. Nesta terça-feira, dia 9, um homem foi preso por desobediência, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, dano a patrimônio público e dirigir sem habilitação.


Durante perseguição, o condutor violou diversas normas do Código de Trânsito e colocou a vida de outras pessoas em risco ao dirigir sobre a calçada, na contramão, acima do limite da velocidade permitida da via, ultrapassar em faixa continua e avançar sinal de parada obrigatória. Ele também jogou a motocicleta contra a viatura, danificando o para-lama.


O comandante da Polícia Militar de Orleans, 1º tenente Henrique Carrer Arent, concedeu entrevista à Rádio Guarujá nesta quinta-feira, dia 11, para conscientizar a respeito deste assunto. "Todos os dias temos reclamações neste sentido, de motociclistas atrapalhando o trânsito, empinando, ou com escapamento aberto, alterado, perturbando, principalmente no período noturno, o descanso das pessoas", ressaltou.


"A gente pede que os motociclistas que provocam incômodo e denúncias se conscientizem de que se trata de um veículo e não de um brinquedo e que os pais procurem conversar com os filhos, mesmo os maiores de idade, quando forem adquirir uma moto. A moto, por si só, já torna o condutor bastante vulnerável. Em uma queda ou acidente, o dano ao condutor é bastante grande. Então conscientize para que não cometa nenhum tipo de infração e descumprimento de regras de trânsito, como a gente percebe todos os dias na rua da cidade", acrescentou.


Além das infrações, que têm um custo elevado, e o risco de ter suspenso o direito de dirigir, ocorrências como essas geram gastos desnecessários aos cofres públicos, desperdiçando recursos pagos por todos os cidadãos. Além disso, a imprudência no trânsito é a principal causa de acidentes.


Confira a entrevista completa neste link!


11/02/2021  às 11hs07