05/07/2019  às 07hs53

Política

PSL: Ponticelli afirma que não há troca de partido

Conforme o prefeito de Tubarão, o que interessa neste momento são os projetos para a cidade



A eleição municipal para a escolha de um novo prefeito e de novos vereadores será só no segundo semestre do próximo ano, porém os partidos já estão definindo os seus pré-candidatos e buscando apoio. Forte candidato a reeleição por Tubarão, o prefeito Joares Ponticelli, tem sido convidado pelo governador, Carlos Moisés, pelos secretários, Lucas Esmeraldino e Diego Goulart e pelo deputado federal, Daniel Freitas, a trocar de sigla partidária e ingressar no PSL.

No início desta semana, a equipe de reportagem do Notisul questionou o chefe do poder Executivo da Cidade Azul sobre uma possível mudança. Ele afirmou que ocorreram alguns convites, mas que ainda não havia uma decisão. "Estamos abertos ao diálogo e no momento certo haverá uma definição. Porém, o que importa agora são os projetos para a cidade", enfatizou.

Nesta quinta-feira foi divulgado, que Ponticelli anunciaria a sua desfiliação do PP e se filiaria no PSL, indagado pelo Notisul, ele respondeu que não há nenhuma decisão. "As pessoas decidem essas situações e sou o último a saber! Não decidi nada. Estou participando em São Miguel do Oeste, dos  encontros promovidos pela Fecam sobre os Impactos da nova Reforma Tributária nos municípios catarinenses", conta

Depois de saltar da condição de nanico para o maior partido da Câmara, o PSL, já mapeia potenciais candidatos à prefeitura de diversas cidades. Em Santa Catarina, a sigla teve um crescimento significativo desde o ano passado. No Estado, a onda 17 mudou a política estadual em 2018 com a eleição do governador Carlos Moisés (PSL) e ter o ex-deputado estadual e atual prefeito de Tubarão na sigla é o objetivo de muitos integrantes do partido. Sobre a possibilidade reeleição, porém, no PSL, Ponticelli não descarta a possibilidade. "Tudo isso faz parte das conversas, mas por hora, estamos focados apenas nas melhorias e projetos de Tubarão", finaliza.


 


Fonte: Notisul


05/07/2019  às 07hs53