29/01/2021  às 15hs02

Saúde

Rádio Guarujá quer saber: você tomará a vacina contra a Covid-19? Gelson Bolsonaro responde


Foto: Iago Telles

Foto: Iago Telles


Uma pesquisa realizada em sete das dez maiores cidades de Santa Catarina apontou que um em cada quatro catarinenses diz que não vai tomar a vacina contra a Covid-19. Ao todo, os que responderam 'não' à pretensão de tomar a vacina somaram 24,4%, contra 63,6% de quem respondeu 'sim'. O estudo ainda contabilizou 6,6% de 'não sabe ou não responderam' e 5,4% de 'depende'.


A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de SC (Fecomércio/SC), que realizou o estudo, vê os dados com preocupação. Segundo a entidade, é um índice alto de pessoas que não querem tomar a vacina em relação ao necessário para que a população esteja protegida como um todo. A pesquisa foi realizada entre 26 de dezembro e 12 de janeiro. A coleta de dados ocorreu por telefone considerando consumidores das cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.


Tendo isso em vista, a Rádio Guarujá entrevistou, nesta sexta-feira, dia 29, pessoas que tem e que não tem interesse na imunização contra a Covid-19. O assessor parlamentar do deputado estadual Jessé Lopes (PSL), Gelson Bolsonaro, foi convidado para dar sua opinião a respeito do assunto e informou que não irá, neste momento, aderir à campanha de vacinação.


“Eu vou falar com toda a sinceridade: eu não vou tomar a vacina até o momento em que seja, digamos assim, seguro", declarou. "A vacina foi feita a toque de caixa. Ela foi feita como se fosse a corrida espacial novamente, a qual desenvolvia a vacina mais rapidamente para suprir a necessidade da população, pois estavam todos enlouquecidos, querendo uma vacina, porque precisavam daquilo para que voltassem sua vida ao normal. Às vezes pode ser até ser um placebo, digamos assim, para o povo poder desbitolar", acrescentou.


Confira a entrevista completa neste link!


29/01/2021  às 15hs02