19/04/2018  às 16hs29

Educação

Reciclando medicamentos: iniciativa é apresentada na Câmara de Vereadores de Cocal do Sul

Intenção é que moradores entreguem remédios que não utilizam mais. Projeto do Unibave foi apresentado, a convite dos vereadores, na tarde desta quarta (18)


Fotos: Adriano Ghellere/Sul In Foco

Fotos: Adriano Ghellere/Sul In Foco


A Câmara de Vereadores de Cocal do Sul sediou na tarde desta quarta-feira (18) em seu plenário, a apresentação do projeto Reciclando Medicamentos, realizado pelo Centro Universitário Barriga Verde, o Unibave. O objetivo é incentivar os moradores a entregarem os medicamentos que estão em suas casas e não utilizam mais. A presidente da Câmara, Roseny Cittadin Barbosa, a Nega, visitou Orleans e convidou a instituição para a apresentação neste encontro.


“O objetivo é estimular o descarte correto de medicamentos, que as pessoas retirem de suas casas e descartem nas Unidades de Saúde e demais pontos de coleta. É feito uma triagem do que é recolhido e depois redistribuído à população através da farmácia municipal”, explicou o coordenador do projeto e farmacêutico, Adalberto Alves de Castro.


O projeto existe desde 2015 em Orleans. As cidades de São Ludgero e Braço do Norte também aderiram à iniciativa através de convênio. Segundo Castro, não há custo para o município. “Uma vez por mês realizamos a coleta nos bairros com os acadêmicos e conscientizamos a população quanto ao uso correto do mesmo. Esse trabalho é realizado em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde e Agentes Comunitárias”, destaca Castro, citando o exemplo de Orleans.


R$ 60 mil por mês em medicamentos


Estes é o custo mensal pago pela Secretaria Municipal de Saúde na compra de medicamentos em Cocal do Sul. “Um projeto como esse é extremamente importante. Acredito que tem espaço para implantá-lo no município. Tenho fé que vem contribuir muito com a cidade”, destacou a secretária municipal de saúde, Sinara Crippa Milanez, que estava presente ainda com o prefeito Ademir Magagnin, a vice Cirlene Gonçalves Scarpato, a responsável pelo setor de farmácia na secretaria, Fátima Rosiana Pignatel e a Fernanda Biscaro de Oliveira, ambas farmacêuticas.


O que disse os vereadores


Entre os presentes, alguns vereadores que conheceram o projeto naquele momento. “`Percebemos que na maioria dos lares existem medicamentos sem uso. Importante projeto que fui conhecer, juntamente com a assessoria jurídica da câmara, a Camila Tavares Cruz, em Orleans”, destacou a vereadora Nega.


“Vai conscientizar a população para que não deixe os medicamentos em casa”, afirmou Agenor Pedroso. “Mais economia e menos gastos e, consequentemente, menos pessoas nas filas de espera por medicamentos. Boa iniciativa”, ressaltou o vereador Érik Pereira Zeferino.


Já o vereador Marcel Freitas lembrou ainda das crianças. “Com estes medicamentos que sobram em casa, podem trazer risco inclusive para as crianças, caso tenham acesso a eles. Belo projeto e importante iniciativa”, pontuou.


“Vai gerar economia para o munícipe em termos de saúde. Agora, depende também da conscientização das pessoas em participarem e realizarem a entrega destes medicamentos”, lembrou o vereador Luiz Henrique Bittencourt.


Estiveram presentes ainda o responsável pela Vigilância Sanitária em Cocal do Sul, Márcio Lúcio de Melo e o coordenador regional da Vigilância Sanitária, Fabrício Possamai, além do também vereador Richardson Vieira.


 


As informações são do site: Sul in Foco


19/04/2018  às 16hs29