19/08/2017  às 11hs04

Esportes

Tigre decepciona no final e empata em casa

Equipe carvoeira conta com uma porção de sorte, supera a marcação do Oeste, mas vacila no final e empata em 1 a 1 na noite desta sexta


Foto: Lucas Colombo

Foto: Lucas Colombo

O que parecia uma vitória do Tricolor Carvoeiro com uma pitada de sorte, acabou em decepção no estádio Heriberto Hülse. Não foi um jogo fácil. Tampouco uma das mais bonitas partidas que o Majestoso já recebeu e, em uma falha do volante Barreto, o Tigre deixou escapar a vitória na noite desta sexta. O empate em 1 a 1 com o Oeste impede que o time se aproxime ainda mais do G-4 da Série B. Diego Giaretta em cobrança de falta, que desviou na defesa adversária, marcou o gol do Criciúma. Mazinho empatou.

Após dez dias de pausa, o Criciúma começou a partida pressionando o adversário, em alta velocidade, acelerando o jogo. Por outro lado, o Oeste se postava todo atrás da linha do meio campo e esperava uma oportunidade de contra-ataque, conforme característica do técnico Roberto Cavalo. Com espaço para jogar, o volante Barreto começava as jogadas do Tigre pelas laterais, devido ao congestionamento do campo adversário.

Aos oito minutos, Barreto falhou na saída de bola, Gabriel Vasconcellos avançou e tocou para Mazinho, que estava impedido. Salvou-se o Tigre, em erro individual. Aos 12 minutos, Caio Rangel fez uma jogada de efeito pela direita, tocou para Maicon Silva, na linha de fundo, que cruzou para Lucão, que não conseguiu completar para o gol. Boa chance do Tigre. Com a marcação do Oeste neutralizando ó Criciúma, o time perdeu velocidade. A pressão do Tricolor Carvoeiro começou a aumentar novamente após os 15 minutos, porém, ser conseguir chegar ao gol de Rodolfo, devido à forte marcação do time paulista.

Em uma partida utilizando apenas a metade do campo, na grande maioria do tempo, devido à retranca do Oeste, o Criciúma tinha muita posse de bola, mas não conseguia chegar no gol de Rodolfo. Aos 22 minutos, Maicon Silva fez boa jogada pela direita e recuou para Caio Rangel, que chutou cruzado, mas longe da trave. Aos 24 minutos, uma das poucas chegadas do Oeste. Mazinho cobrou falta pela esquerda e Luiz afastou a bola da área. Os goleiros seguiam sem trabalhar na primeira etapa. Jogo muito truncado pelo meio com o Tigre tentando propor a partida e o Oeste na defesa. Aos 33 minutos, Gabriel Vasconcellos recebeu na entrada da área e chutou ao lado da trave de Luiz. No minutos seguinte, Silvinho tocou para Alex Maranhão dentro da área e ele chutou para boa defesa de Rodolfo. Aos 42 minutos, Alex Maranhão cobrou falta na área, a zaga afastou e Maicon Silva chutou para fora, torto. “Nós temos que melhorar na última parte do campo para tentar fazer o gol”, disse o meia Alex Maranhão, no intervalo.

Na etapa final, no primeiro minuto, Silvinho colocou a bola em velocidade para Alex Maranhão, o zagueiro Leandro Amaro tropeçou, caiu e o meia do Tigre ficou na frente do goleiro, pela esquerda, mas finalizou para fora. Boa chance perdida pelo Tigre. Aos 9 minutos, Gabriel Vasconcellos recebeu a bola na área, tentou girar, mas chutou alto. Aos 13 minutos, Caio Rangel foi derrubado pela direita e Alex Maranhão chutou forte, em cima de Lucão e a bola saiu.

Aos 19 minutos, Erick Flores foi derrubado na intermediária, após toque de Maicon Silva. Na cobrança, Silvinho rolou a bola e Diego Giaretta, que chutou forte, a bola desviou na zaga do Oeste e enganou o goleiro Rodolfo e entrou. 1 a 0. Após o gol, o Tigre acendeu na partida e chegou bem ao ataque. Entretanto, aos 26 minutos, Giaretta e Édson Borges falharam e Gabriel Vasconcellos perdeu o gol, na entrada da grande área. A bola passou perto da trave. Aos 30 minutos, Silvinho apareceu pela direita e cruzou para Joao Henrique, que antecipou ao zagueiro, e desviou a bola que raspou na trave e saiu. Quase o segundo gol tricolor.

Porém, aos 38 minutos, Barreto falhou na saída de bola, Gabriel Vasconcellos roubou a bola, saiu pela direita e cruzou para Mazinho empatar o jogo: 1 a 1. No final, vaias da torcida e decepção no Majestoso. Com o resultado, o Criciúma chega aos 30 pontos, perde chance de encostar nos quatro primeiros colocados da Série B, e volta à campo na terça-feira, às 21h30min., contra o América-MG, fora de casa.

Campeonato Brasileiro – Série B – 21ª Rodada

18/08 (sexta-feira) – 20h30min – estádio Heriberto Hülse

CRICIÚMA

Luiz; Maicon Silva, Edson Borges, Nino e Diego Giaretta; Barreto e Ricardinho; Caio Rangel (João Henrique), Alex Maranhão (Erick Flores) e Silvinho (Alisson Farias); Lucão. Técnico: Luiz Carlos Winck

OESTE

Rodolfo; Daniel Borges, Joilson, Leandro Amaro e Guilherme Romão; Lídio (Raphael Luz), Betinho, Wilson Mathias (Robert), Mazinho e Danielzinho (André Vinicius); Gabriel Vasconcellos. Técnico: Roberto Cavalo

Arbitragem: Adriano Milczvski. Auxiliares: Pedro Martinelli Christino e Luciano Roggenbaum (Trio do PR)

GOLS: Diego Giaretta (20/2T) (C) e Mazinho (38/2T) (O)

Cartão Amarelo: Wilson Mathias (O)

Cartões Vermelhos: Não Houve

Público: 3.269

Renda: R$ 59.855,00


Com informações do Portal DN Sul


19/08/2017  às 11hs04