22/01/2021  às 15hs07

Economia

Transição de gestão da CDL de Orleans tem foco na continuidade de projetos


Foto: Iago Telles

Foto: Iago Telles


A transição de gestão da CDL de Orleans tem foco na continuidade de projetos, principalmente no que diz respeito à característica que marcou os últimos dois anos: a inovação. O atual presidente da entidade, Marcelo Dalazen, junto ao último presidente, Muriel Silvério, concederam entrevista à Rádio Guarujá nesta sexta-feira, dia 22, para fazer um balanço dos últimos dois anos e apresentar alguns dos projetos da gestão que se inicia.


"O pessoal vai começar a sentir como será a nova gestão a partir do Carnaval, que será o primeiro evento no qual já vamos poder mostrar um pouco do que pretendemos trazer. Serão várias promoções e, em breve, nós divulgaremos", adiantou Marcelo Dalazen. Segundo ele, a união entre os empreendedores será um dos principais objetivos. Para ir ao encontro desta missão, a CDL de Orleans investe na modernização da sede. "Estamos fazendo algo para os associados irem até lá e sugerirem e participarem da gestão, além de participar de reuniões e cursos. Para 2021, vamos trazer também o Empretec, em parceria com o Sebrae, que tem uma metodologia da ONU. Eu já fiz e recomendo muito. Iremos divulgar a data quando possível, pois ainda estamos em reforma", adiantou.


Para Muriel, a realização de eventos inéditos foi um dos principais marcos de sua gestão. "Elevamos a CDL para um outro patamar. Desmistificamos que CDL servia apenas para consulta de SPC. Em 2019, iniciamos o Sábado Tem Mais temático, um evento voltado para a família realmente para que as pessoas não precisassem mais ir para fora para se divertir. Aliamos o comércio com o setor de gastronomia, com música ao vivo e o bom chopp da cidade. E englobávamos também a parte das crianças, porque montávamos o espaço kids. Então a inovação foi neste sentido, de movimentar o comércio por meio da realização de eventos, para que a família pudesse ir para a praça se divertir, além de fazer as compras".


A continuidade dos projetos entre uma gestão e outra também se mantém no que diz respeito à realização do Orleans Trend Show e da Noite Imperial. “O Orleans Trend Show se consagrou na região toda como o maior evento de moda. Tivemos um público de mais de 800 pessoas só na parte de assistir. No backstage foram mais de 200 profissionais envolvidos para montar toda a estrutura. Fortalecemos o comércio, que se tornou referência neste sentido. Mostramos na prática que há opções para todos os estilos e orçamentos. No mesmo ano, montamos a Feira da Indústria e Comércio (Feinco) junto à programação de aniversário da cidade, em agosto. Em 2020, tivemos o Noite Imperial, um evento beneficente, que premiou os destaques aqui de Orleans. O lucro da iniciativa foi destinado à Fundação Hospitalar Santa Otília. Não fizemos o evento presencial, como queríamos, mas fizemos em formato de live", relembrou.


Confira a entrevista completa neste link!


22/01/2021  às 15hs07