21/09/2018  às 10hs51

Saúde

Tubaronense consegue transplante renal

Ela é portadora de uma doença genética nos rins, e há anos faz tratamento.



A moradora do bairro São João, em Tubarão, Roseli Antunes Braga, de 47 anos, ganhou uma nova chance de vida. Ela é portadora de uma doença genética nos rins, e há anos faz tratamento, mas aguardava o transplante do órgão. Ontem, a tubaronense recebeu um chamado urgente do hospital regional de Joinville, que obteve a doação de um órgão compatível com o da paciente.

Roseli é usuária do Tratamento Fora do Domicílio (TFD), e com frequência viaja para Florianópolis e Joinville para consultas e tratamento, mas desta vez era necessário chegar o quanto antes ao hospital. “Quanto mais rápido o paciente iniciar o transplante, maior é a qualidade do órgão transplantado, assim como aumenta a chance de sucesso do procedimento”, explica o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Daisson Trevisol.

Por meio de uma mobilização da Fundação Municipal de Saúde e intermediação do comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, coronel Sílvio Lisboa, foi disponibilizado um voo de helicóptero do Serviço Aeropolicial (Saer Sul). Desde 2016 a aeronave, a partir da base em Criciúma, atende toda a região Sul do Estado em operações policiais e atividades aeromédicas.

Uma hora e meia depois de decolar do heliponto do 5º BPM, Roseli já estava em Joinville, preparando-se para a realização do transplante. “Transportamos com mais frequência órgãos, mas este é o tipo de ação que mais gratifica, porque temos a certeza de que estamos salvando uma vida, dando àquele paciente uma nova oportunidade”, destaca o delegado Gilberto Mondini, piloto e comandante da aeronave.

Daisson agradeceu o empenho de todas as entidades envolvidas. “Foi uma grande união de esforços, e agora ficamos na torcida para que a Roseli tenha sucesso no transplante e possa voltar muito bem”, afirma.


 


Fonte: Diário do Sul


21/09/2018  às 10hs51