11/04/2018  às 14hs30

Política

Vereador de Criciúma pode perder mandato

Moacir Dajori do PSDB, foi denunciado por exigir parte do salário de um ex-assessor


Foto: Reprodução Engeplus

Foto: Reprodução Engeplus


Em Criciúma, o vereador Moacir Dajori, do PSDB, teve seus embargos (recurso de defesa) rejeitados pela Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, sendo condenado a perda do mandato, em julgamento realizado nessa terça-feira, dia 10, em Florianópolis. As informações são do portal Engeplus.


O julgamento foi presidido pelo Desembargador Rui Fortes, e dele participaram o Desembargador Luiz Antônio Zanini Fornerolli e o representante do Ministério Público, Pedro Sérgio Steil.


A ação que acarretou na perda de mandato do vereador, se refere a denúncia feita em 2013 por um ex-assessor de Dajori, que acusou o vereador de ter exigido parte de seu salário para mantê-lo no cargo.


De acordo, com o assessor jurídico da Câmara de Vereadores de Criciúma, Léo Cassetari, a câmara ainda não foi notificada. "O primeiro passo é esperar a notificação, só após recebê-la é que se dá início aos procedimentos necessários", afirma Cassetari.


O verador e a assessoria foram procurados, mas não foram encontrados. 


11/04/2018  às 14hs30