03/05/2019  às 15hs59

Geral

Vigilância Epidemiológica investiga possível caso de H1N1 na região

Jovem de 25 anos já recebeu alta e está sob acompanhamento em Nova Veneza



Depois de um caso confirmado de H1N1 em Tubarão, onde a vítima foi tratada, mas acabou falecendo em decorrência de outras doenças, um possível quadro da doença é investigado em Nova Veneza. Uma jovem de 25 anos foi internada no último sábado, dia 27, no Hospital São Marcos, com os sintomas da doença, recebeu o tratamento e está liberada, mas com acompanhamento domiciliar da equipe epidemiológica do município.


Os exames já foram realizados para diagnosticar se de fato o quadro apresentado por ela foi em decorrência da gripe. Segundo o gerente regional de Saúde, Fernando de Fáveri, os dois casos mostram que o vírus está na região. “Os sintomas inciaram na quinta-feira (dia 25) e sábado (dia 27) ela internou para iniciar o tratamento. Ela não apresenta febre e estamos aguardando os exames para identificar se era H1N1”, explica.


O caso de Tubarão ocorreu em janeiro. Um homem de 52 anos foi internado no Hospital Nossa Senhora da Conceição para realizar um procedimento cirúrgico. Durante os exames, ele foi diagnosticado com H1N1, recebeu o tratamento, foi curado, mas morreu em função de outras doenças, segundo a Gerência Regional de Saúde, após apuração da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE).



Fonte: Com informações do Engeplus


03/05/2019  às 15hs59