14/11/2017  às 09hs47

Geral

Vinda da Passaredo Linhas Aéreas para a região dá mais um passo


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A busca pelo retorno dos voos comerciais para o Aeroporto Diomício Freitas, em Forquilhinha, avançou nessa semana com a possibilidade da vinda da Passaredo Linhas Aéreas. No fim da tarde dessa segunda-feira, dia 13, o presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), César Smielevski, acompanhado do administrador da Petrobras no Aeroporto Diomício Freitas, Kleber Luiz Fernandes, por meio de uma teleconferência, conversou com o diretor de malha aérea da Passaredo, William Agatz, e também com o diretor comercial da RDL Aeroportos, André Constanzo.

“Estamos agendando uma visita em Ribeirão Preto com o diretor de malha aérea e com o presidente da companhia onde passaremos a necessidade e a demanda da região com a possibilidade de viabilizarmos, preferencialmente, um voo matutino com o retorno noturno. Possivelmente, este voo será Criciúma - Guarulhos, onde a Passaredo opera. Hoje, já temos um voo Congonhas, Campinas e um seria, possivelmente, Guarulhos”, detalha o presidente da Acic.

A RDL Aeroportos, que administra o Aeroporto Diomício Freitas, já está estudando as exigências técnicas para a possível vinda da Passaredo Linhas Aéreas.

A mobilização da Acic pela retomada dos voos surgiu da preocupação com a demanda da região de Criciúma. “Antes podíamos cumprir compromissos em São Paulo com viagem de ida e volta no mesmo dia, hoje não é possível”, explica Smielevski. Ele lembra ainda, que a dificuldade começou quando o Aeroporto Diomício Freitas deixou de ter voos comerciais, e piorou com a redução do número de voos no Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, em Jaguaruna.

Hoje, os empresários e população do Sul contam apenas com um voo que sai de Jaguaruna às 11h45, para Congonhas (SP), da TAM, e outro que sai às 15h35 de Jaguaruna, da Azul, para Viracopos (SP).

 

Colaboração: Deize Felisberto / Comunicação Acic


14/11/2017  às 09hs47